top of page
Buscar
  • Merivaldo Brito

Condomínios 4.0 : Um novo olhar para a Gestão de Condomínios

Atualizado: 17 de jul. de 2020

A transformação digital chegou aos condomínios residenciais e, cada vez mais, soluções tecnológicas inovadoras estão sendo integradas no dia-a-dia de administradores e moradores para modernizar a gestão condominial. O condomínio 4.0 — como são chamados os empreendimentos que já estão se adaptando ao futuro —  adota novas tecnologias que proporcionam maior segurança e eficiência no controle de acesso de moradores, funcionários, visitantes e prestadores de serviços.


Condomínios residenciais preocupados em reforçar a segurança ao mesmo tempo em que promovem economia de recursos estão aderindo à portaria remota — última tendência tecnológica em segurança condominial. A portaria remota garante o rígido controle de acesso ao prédio por meio de uma central de monitoramento que funciona à distância.

As novas ferramentas – disponíveis em aplicativo simples para smartphone – permite que possamos receber alertas instantâneos quando surgir um problema, além de dados acionáveis ​​sobre qual pode ser a causa. Os técnicos de serviço podem analisar o problema remotamente e decidir se precisam ir ao local, atribuir uma tarefa a um técnico de campo ou se o problema pode esperar até a próxima visita de manutenção agendada.

Esse tipo de ferramenta poderosa não é menos importante para proprietários de instalações pequenas e médias do que para edifícios maiores. Considere um caso real do cliente: uma empresa que fornece refeições para as escolas. Durante um fim de semana, quando não havia ninguém nas instalações, um disjuntor disparou e cortou a energia da geladeira. O problema não foi descoberto até os trabalhadores chegarem na segunda-feira, descobrindo que teriam que descartar cerca de 18.000 refeições.

O tipo de alerta automatizado garante que MB Engenharia , tenha uma eficaz junto ao condomínio com assertividade dos problemas emergentes antes que os ocupantes da instalação percebam. Esse tipo de capacidade de resposta rápida e mais inteligente permite que eles estabeleçam SLAs mais economia ao nosso cliente.


Esse tipo de ferramenta poderosa não é menos importante para proprietários de instalações pequenas e médias do que para edifícios maiores. Considere um caso real do cliente: uma empresa que fornece refeições para as escolas. Durante um fim de semana, quando não havia ninguém nas instalações, um disjuntor disparou e cortou a energia da geladeira. O problema não foi descoberto até os trabalhadores chegarem na segunda-feira, descobrindo que teriam que descartar cerca de 18.000 refeições.


É possível instalar energia solar em condomínios?

Não só é possível como também é válido como investimento em seu condomínio. Tendo em vista que os gastos com energia elétrica são ainda maiores em um conjunto de casas, a melhor opção é a que oferece economia financeira.

Assim, através da Resolução Normativa ANEEL 687/2015, os condomínios AGORA e possível gerar energia compartilhada com múltiplas unidades consumidoras (condomínios) caracterizados pela utilização da energia elétrica de forma independente. Como os condomínios têm pouca área de telhado, a energia gerada será fracionada para cada unidade consumidora, bem como para as áreas de uso em comum. Reduzindo o valor da conta de luz. Ainda podemos atender por uma geração compartilhada, ou seja, uma geração de energia solar em outra localidade que o condomínio venha a ter e nela ter composição de pessoas físicas e jurídicas que podem compartilhar a geração de energia comprovando o vinculo entre os integrantes. Desta forma é possível transferir os créditos para terceiros e vizinhos, parentes e empresas etc..



14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Road Show Huawei Solar já está em execução!

A ABGD - Associação Brasileira de Geração Distribuída dá a largada para o Road Show Huawei Solar. .. A unidade móvel é totalmente estruturada com um Sistema Solar, para cursos itinerantes de qualifica

Commentaires


bottom of page