top of page
Buscar
  • merivaldofreitas

Mato Grosso ultrapassa a marca de 300 MW de potência instalada de geração fotovoltaica.



O número de instalações de sistemas fotovoltaicos em Mato Grosso cresce a cada dia. O seu funcionamento ocorre a partir da captação de raios solares por meio das placas fotovoltaicas, que são instaladas no telhado de uma residência, empresa ou indústria. Depois da captação, a energia é enviada para o inversor solar, que converte a corrente contínua em corrente alternada, a fim de alimentar os equipamentos eletrônicos do imóvel.

De acordo com estudos realizados no estado, o nordeste de Mato Grosso consagra-se como a região que possui maior taxa de insolação para a geração de energia solar. No entanto, a região em questão conta com apenas 6,35% do Produto Interno Bruto (PIB), dispondo de 22 municípios e cerca de 248 mil habitantes, além de uma renda abaixo da média estadual de, aproximadamente, R$ 37 mil.

Ainda assim, por estar localizado no centro-oeste brasileiro, o estado de Mato Grosso é considerado rico em fontes de energia renováveis, especialmente a solar, o que contribui para que sua produção seja cada vez mais consistent

Por se tratar de um estado com muita incidência solar, Mato Grosso tem se destacado no quesito energia solar. O estado ultrapassou ultrapassou a marca de 300 MW de potência instalada de geração distribuída fotovoltaica (GDFV). Isso significa que são 18.516 sistemas conectados abastecendo 140 municípios com solar FV.



3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Road Show Huawei Solar já está em execução!

A ABGD - Associação Brasileira de Geração Distribuída dá a largada para o Road Show Huawei Solar. .. A unidade móvel é totalmente estruturada com um Sistema Solar, para cursos itinerantes de qualifica

bottom of page